Portal Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro

Alunas do Campus Pinhais compartilham suas experiências de intercâmbio na III Mostra de Produção Científica

Publicado em 1 de setembro de 2017

As alunas Thallís de Almeida Freitas, Poliana dos Santos Maia e Isadora Botassari apresentaram na III Mostra de Produção Científica da Educação Profissional e Tecnológica um relato de experiência acerca de um intercâmbio realizada por elas, compartilhando vivências e aprendizagens culturais com os demais alunos do campus.

Thallís de Almeida Freitas passou cinco meses na Argentina, Poliana dos Santos Maia foi para a Costa Rica e Isadora Botassari teve sua experiência de intercâmbio no Chile. Durante o primeiro semestre de 2017 as estudantes vivenciaram a cultura e a experiência linguística desses países por meio de inserção em famílias hospedeiras voluntárias e em escolas de educação básica.

As alunas intercambistas tiveram a oportunidade de conhecer novas culturas, novos métodos de organização e instrução educacional, conviver em imersão na língua estrangeira e experimentar situações de choque cultural. Da experiência, as estudantes resgatam que seu nível de proficiência em língua espanhola aumentou significativamente, que foi possível adquirir grande maturidade em pouco tempo longe da família, dos amigos e de sua cultura. Ressaltam também que os laços criados nesse período junto a pessoas de outras culturas contribuíram para transformá-las em cidadãs capazes de lidar com as diferenças e de contribuir a uma sociedade mais tolerante, unida e diversa.

A respeito da contribuição que esta experiência trouxe, a professora de Língua Espanhola e orientadora de uma apresentação realizada na III Mostra de Produção Científica, Thaís Wojciechowski, salientou que “o aprendizado obtido em contexto de imersão é incomparável a qualquer outro. Em imersão as estudantes puderam vivenciar o que aprenderam nas aulas e realizar novos aprendizados, tanto formais da língua espanhola quanto os relacionadas a questões culturais e identitárias.

Nomeada orientadora de intercâmbio, a professora Elaine Arantes reafirma que “a finalidade do intercâmbio é cultural e, nesse sentido, com certeza contribuiu para o crescimento pessoal das alunas com o conhecimento que obtiveram da vivência desta experiência enriquecedora no exterior.” A professora complementou que “além de retornar com uma fluência no idioma espanhol, as alunas demonstram que, de fato, o crescimento cultural contribui com a educação e o ensino.

O Diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão do Campus Pinhais, professor Eduardo Liquio Takao, enfatiza que “esta é uma experiência inovadora no IFPR e vem agregar valores relevantes na vida acadêmica e cultural dos alunos”.

Questionadas sobre as recomendações para os colegas do Campus, as alunas são unânimes em sugerir que estes procurem fazer um intercâmbio, por se tratar de uma experiência sem igual.



Galeria de Imagens